O vitorioso Seminário Nacional realizado ontem, 15, oficializou a criação do Movimento Esquerda Radical, composto pelas organizações Alternativa Socialista, Grupo de Ação Socialista, Liberdade e Revolução Popular, Luta Socialista, Princípios Revolucionários da Ideologia Socialista, PSOL Pela Base e Socialismo ou Barbárie, contando com a participação de referências e organizações regionais e nacionais convidadas.

Leia o texto da Coordenação Nacional do Movimento:

O PRIMEIRO PASSO FOI DADO
É Lançado o MOVIMENTO ESQUERDA RADICAL

Por: Coordenação Nacional do Movimento Esquerda Radical

Ocorreu nesse dia 15/05 o Seminário Nacional que oficializou a criação do MOVIMENTO ESQUERDA RADICAL. Convocado pelas organizações Alternativa Socialista (AS), Grupo de Ação Socialista (GAS), Liberdade e Revolução Popular (LRP), Luta Socialista (LS), Princípios Revolucionários da Ideologia Socialista (PRIS), PSOL Pela Base e Socialismo ou Barbárie (SoB). Enviaram saudações internacionais ao seminário os companheiros da organização Socialismo ou Barbárie (Sob) e da Liga Internacional Socialista (LIS).

O seminário foi aberto rendendo homenagem às mais de 420 mil pessoas mortas, vítimas da pandemia da covid-19 e do sistema capitalista; em sua maioria trabalhadoras e trabalhadores pobres e das periferias. Dedicamos o evento também à resistência do povo Palestino contra os ataques de Israel, ao rebelde povo colombiano que luta contra o ajuste fiscal do presidente Ivan Duque, e à resistência do povo da comunidade do Jacarezinho (RJ) e a toda população que vive nas comunidades, baixadas, ocupações e quebradas de todo o país, enfrentando todas as formas de violência.

Para o evento foram convidadas diversas organizações e coletivos do PSOL: Coletivo Esperançar, do qual fazem parte o Deputado Estadual (SP) Carlos Giannazi e o Vereador (SP) Celso Giannazi; Nova Praxis, Avança, Proposta, Transição, Politizando o PSOL e Centralidade do Trabalho. Contou-se com a saudação da combativa companheira Maria Lúcia Farorelli, da Auditória Cidadã da Dívida (ACD), do companheiro Paulo Pedrini, da histórica e lutadora Pastoral Operária Metropolitana de São Paulo (PO), da professora Marinalva Oliveira (ex. presidente do Andes-SN), do professor Plinio de Arruda Sampaio Junior e do deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, pelo PSOL, Glauber Braga.

Pela manhã debateu-se a conjuntura, a partir das contribuições apresentadas pelas organizações convocantes do evento. À tarde se discutiu a situação atual do PSOL e a necessidade de se organizar a luta contra o projeto de refundação do partido, que vem sendo defendido e implementado, sem nenhuma discussão na base, pela direção majoritária (Bloco Psol de Todas as Lutas). Querem acabar com a radicalidade com que o PSOL foi fundado, e, sobretudo, comprometer o partido com o apoio ao projeto de conciliação de classe defendido por Lula/PT para as eleições de 2022.

Além do apoio a pré-candidatura de Glauber Braga, dentre outras, foram aprovadas as seguintes resoluções: organização da luta pelo FORA BOLSONARO/MOURÃO agora em 2021, a exigência de vacina para todes, a luta por renda básica de 1 salário mínimo, criação de uma ampla frente emergencial de emprego e de combate à pobreza, suspensão imediata do pagamento da dívida pública e realização da auditoria da dívida pública, com participação cidadã, desde a Ditadura Militar, fim do arrocho e das demissões, combate ao desemprego e desmonte dos serviços públicos estatais; anulação de todas as reformas que retiraram direitos (EC 95, reformas previdenciária e trabalhista), garantia intransigente dos direitos das mulheres, da população idosa, negros, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, camponeses e população LGBTQIA+, contra a PEC 32 (contrarreforma administrativa).

A resolução política e a resolução sobre organização e funcionamento do MOVIMENTO ESQUERDA RADICAL foram aprovadas por unanimidade dos presentes.

Agora a grande tarefa é organizar o Movimento Esquerda Radical em todos os Estados do país, participar ativamente das lutas e mobilizações contra o governo e o sistema capitalista e organizar a participação no próximo congresso do PSOL.

Avante, com o Movimento Esquerda Radical!