Estados Unidos: Derek Chauvin culpado


Após o julgamento que durou três semanas, com pouco mais de dez horas de deliberação, o júri declarou que Derek Chauvin, o policial que assassinou George Floyd, é culpado das acusações de homicídio em segundo grau, homicídio em terceiro grau e homicídio culposo em segundo grau, resultando em penas de até 40, 25 e 10 anos, respectivamente. A audiência da sentença está marcada para 8 semanas. Este veredicto é um triunfo da rebelião histórica que mobilizou milhões em 2020 e cuja força voltou a ser sentida nas ruas nas últimas semanas.


Posted On :

Argentina – Rastros no silêncio: o trotskismo frente a Triple A e a Ditadura


O Partido Socialista dos Trabalhadores (PST) foi um dos mais importantes agrupamentos de esquerda na década de 1970. Em uma década atravessada por grandes lutas operárias e também duros golpes repressivos, teve a capacidade de avançar e retroceder ao lado da classe trabalhadora e do movimento de massas, construindo uma sólida estrutura de quadros e militantes.


Posted On :

EUA versus China: uma nova “guerra fria”


Em 19 de março, as delegações diplomáticas dos EUA e da China, lideradas por altos funcionários de ambos os países, direcionaram duras críticas às políticas uns dos outros durante a primeira reunião de autoridades estadunidenses e chinesas desde que Joe Biden chegou ao poder. As autoridades estadunidenses, como de costume, levantaram questões sobre Hong Kong, Taiwan, Xinjiang e a “coerção econômica” de seus aliados com a China. Acusaram a China de ameaçar as regras da ordem mundial. Por sua vez, a China acusou os EUA de usarem sua “força militar e hegemonia financeira para exercer larga jurisdição e reprimir outros países”. A China chamou os Estados Unidos de hipócritas nos direitos humanos e os criticou pelos maus-tratos que infligem aos negros. Todas essas duras discussões estavam sendo transmitidas pela mídia.


Posted On :

Argentina: 45 anos do golpe genocida – a luta pela Memória, Verdade e Justiça


É costume em quase todo o movimento de Direitos Humanos definir a última ditadura como cívico-militar ou cívico-eclesiástico-militar. Os partidos patronais e a liderança católica foram cúmplices. Mas na realidade, deveria ser denominado cívico-eclesiástico-empresarial-imperialista-militar, dado o papel ativo desses setores no incentivo e apoio à ditadura.


Posted On :

Comuna de Paris: 150 anos do primeiro governo operário


“Serei implacável; o castigo será completo e a justiça inflexível… O chão está coberto de seus cadáveres; este horrível espetáculo servirá de lição”. Com estas palavras, Louis Adolphe Thiers, chefe do poder executivo da Terceira República Francesa, anunciou a derrota da Comuna. Cerca de 30 mil parisienses mortos, 45 mil presos – muitos deles, posteriormente executados – e milhares exilados ou condenados a trabalhos forçados. Desta forma, a burguesia francesa puniu a audácia de um povo que mostrou pela primeira vez que a classe trabalhadora pode tomar o poder em suas próprias mãos e dar origem a uma nova ordem social.


Posted On :