Julian Assange fundou o WikiLeaks, website no qual expôs os negócios sujos do imperialismo ianque e seus aliados publicamente. Esses negócios sujos incluem a tortura de prisioneiros em Guantánamo, execuções extrajudiciais no Quênia, mortes de civis  nas guerras do Afeganistão e Iraque e comunicações secretas do Departamento de Estado.

 A Suécia emitiu uma ordem de prisão contra Assange por uma falsa acusação sexual. Depois disso, Assange se refugiou na embaixada do Equador no Reino Unido. Todavia, Lenin Moreno, que chegou ao poder depois de Rafael Correa, no Equador, decidiu vender Assange aos Estados Unidos.

 Desta forma, os direitos humanos e o direito à informação foram atropelados. Se expôs o verdadeiro rosto do imperialismo ocidental que supostamente defende direitos democráticos, e da esquerda pós-moderna que está sob a influência dessas potências imperialistas.

 Nomes como WikiLeaks, Assange, Snowden, e Manning ocuparam um lugar honorável na história, enquanto que nomes como Lenin Moreno e outros lacaios do imperialismo ianque serão, lembrados com asco no lixo da história.


SEP – Partido Socialista dos Trabalhadores da Turquia