Publicamos a Carta Aberta do Sindicato Independente da Ucrânia – «Proteção do Trabalho» ao Presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, ao Ministro em exercício de Energia, Yuri Boyko, aos meios de comunicação e a população interessada na situação da dívida catastrófica do Estado com os Mineiros ucranianos que trabalham nas empresas públicas.

Estimados senhores,

Neste primeiro momento, não pretendemos saber quem é o culpado pela situação surgida nas empresas públicas da indústria do carvão, no que diz respeito ao longo atraso no pagamento dos salários dos mineiros ucranianos. Temos plena consciência de que a culpa disso recai sobre o sistema que se formou em nosso país nas últimas décadas, que resultou em uma situação humilhante dos responsáveis sob os trabalhadores mineiros. A política atual do governo faz o possível e impossível para destruir completamente a mineração de carvão estatal, aumentar o custo e substituir o carvão doméstico ucraniano pelo polonês ou russo no mercado doméstico. Sabemos muito bem quem se beneficia desta política.

Até o momento, a dívida oficial aos funcionários das empresas estatais de carvão atingiu 1,89 bilhões de hryvnia. Uma situação catastrófica também ocorre nas empresas onde as organizações sindicais de mineiros, como a VNPS “Proteção do Trabalho”, a Empresa Pública “Volynvuhilla” e a Empresa Pública “Selidivvuhilla” foram formadas e operam para proteger os trabalhadores do setor. Em particular, a dívida para com os mineiros do PE “Selidivvuhilla” já atinge 301 milhões de hryvnia, os salários em atraso no PE “Volynvuhilla” já são 92.400.000 hryvnia.

Os mineiros de nosso sindicato há muito tempo estão revoltados com a gestão e uso ineficaz dos fundos para a reparação e modernização de equipamentos de mineração, bem como com o roubo de fundos das empresas públicas. Apesar das inúmeras promessas das autoridades, a instituição dos “supervisores” da indústria de mineração nunca foi liquidada. Os chefes públicos da indústria do carvão mudam, enquanto o trabalho dos mineiros é cada vez mais ignorado pelo próprio Estado. Mesmo as recentes promessas dos responsáveis do governo de acertarem contas com os mineiros em poucos dias, se revelaram nada mais do que uma mentira para impedir nossos protestos justos.

As famílias dos mineiros estão passando necessidade. Não há nem dinheiro para uma refeição básica para as esposas e filhos dos mineiros. Muitos meses de atrasos no pagamento de salários nos destroem fisicamente, destroem nossas forças, nossa capacidade de produção de carvão e nossa capacidade de resistirmos às políticas impopulares e anti-mineração do governo.

NOSSAS REIVINDICAÇÕES são simples e objetivas PARA TODAS AS PESSOAS DISPOSTAS:

  • Pagamento imediato de todos os salários atrasados ​​dos mineiros.
  • Contra o fechamento das minas e empresas de mineração de carvão da EE “Selidivvuhilla” e EE “Volynvuhilla”.
  • Retirada de uma só vez de todos os “supervisores” das minas.
  • Fim do roubo descontrolado de dinheiro dos mineiros por funcionários e administradores.
  • Impedir a demissão de mineiros por erros evidentes na gestão da indústria e na política de quadros do Ministério de Energia.
  • Impedir o desligamento das mineradoras do fornecimento de energia elétrica.
  • Fornecer financiamento governamental para o desenvolvimento de empresas públicas de carvão nas regiões de Donbass e Volyn.
  • Assegurar o controle direto dos sindicatos da mineração sobre os fundos públicos destinados à indústria do carvão ucraniana.
  • Nenhuma resolução sobre quadros ou finanças da indústria de mineração sem a aprovação de todos os sindicatos de mineração!

17 de dezembro de 2020

Stanislav I. Rozhkov
Presidente da Comissão Sindical da Organização Sindical «Proteção do Trabalho» no «Selidivvuhilla»

Viktor A. Smarsh
Presidente da Organização Sindical de Base do Sindicato Independente da Ucrânia- “Proteção do Trabalho” na subdivisão autônoma da Mina “Buzhanska”, da empresa pública “Volynvuhilla”

Oleg I. Vernik
Presidente do Sindicato Independente da Ucrânia – “Proteção do Trabalho”