No dia 1º de julho, entregadores de aplicativos de todo país organizarão uma importante mobilização. Lutam por proteção à vida, por melhores condições de trabalho e por remuneração digna.

Em meio aos efeitos da pandemia, os entregadores de aplicativos cumprem um serviço essencial. Empresas como Ifood, Rappi e Uber Eats estão lucrando muito nesse período. Ainda assim, seguem mantendo seus funcionários com péssimas condições de trabalho, sem direitos e sem proteção à saúde. Os entregadores disseram chega e vão parar o país, num movimento que conta com a adesão de trabalhadores de diversas partes do mundo.

É tarefa de todos que defendem os direitos da classe trabalhadora, a vida e a saúde apoiar essa mobilização. As organizações sindicais, estudantis e populares e os partidos de esquerda devem ter como eixo fortalecer essa luta, agindo para unificá-la com ações de outras categorias e movimentos que também estão batalhando nos hospitais e nas periferias.
Na defesa dos direitos, esses trabalhadores super explorados estão mostrando o caminho.

Todo Apoio aos Entregadores e Entregadoras de Aplicativos!
Fora Bolsonaro e Mourão! Por quarentena total com salários integrais, renda e direitos sociais!

Assina o BLOCO DA ESQUERDA RADICAL DO PSOL:
Alternativa Socialista – AS;
Corrente Socialista de Trabalhadoras e Trabalhadores – CST;
Grupo de Ação Socialista – GAS;
Liberdade e Revolução Popular – LRP;
Luta Socialista – LS;
PSOL pela base;
Socialismo ou Barbárie – SOB.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *