Em 2010 Assange, o fundador do WikiLeaks, expôs os crimes de guerra, assassinatos, tortura, vigilância e conspirações diplomáticas dos Estados Unidos e de outras potências imperialistas contra a população civil. Sua exposição dos crimes do imperialismo chocou o mundo. Depois daquele dia, o imperialismo estadunidense foi atrás de Assange. Seu objetivo era levar Assange para os Estados Unidos e trancá-lo em uma cela da qual ele nunca poderia sair. Desta forma, ninguém ousaria expor novamente os crimes mais sombrios do imperialismo.

Assange refugiou-se na Embaixada do Equador em Londres em 2012 devido às conspirações que o perseguem e teve que passar exatamente 7 anos no prédio da embaixada. Assim que ganhou as eleições, Lenin Moreno, que chegou ao poder com uma plataforma supostamente esquerdista no Equador, mas na realidade é um inimigo público neoliberal, retirou o direito de asilo a Assange e deu à polícia de Londres a oportunidade de prendê-lo imediatamente. O Ministério das Relações Exteriores do Equador também suspendeu os direitos de cidadania concedidos a Assange. Um tribunal de simulação está sendo realizado atualmente na Inglaterra para a extradição de Assange para os Estados Unidos. É impressionante que até a Anistia Internacional e os Repórteres Sem Fronteiras tenham sido excluídos do acesso remoto ao julgamento. Estas obstruções ultrajantes revelam o quanto os tribunais britânicos são fraudulentos. É evidente que a liberdade de expressão e o direito do público à informação estão sendo atropelados.

Assange está no banco dos réus porque expôs deliberadamente os assassinatos cometidos pelo imperialismo americano contra os povos do mundo; ele foi exposto a torturas psicológicas e físicas. A extradição de Assange para os Estados Unidos será uma vitória do imperialismo e uma derrota para a classe trabalhadora e os povos oprimidos do mundo.

Da LIS, chamamos à classe trabalhadora, à juventude e aos povos oprimidos para apoiar a luta em defesa de Assange.

LIBERDADE PARA ASSANGE!

O IMPERIALISMO SERÁ DERROTADO, O SOCIALISMO VENCERÁ!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *