O governador do Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), mais uma vez ataca o movimento operário, dessa vez com o pedido de Demissão de nosso companheiro do PSOL, Áureo Cisneiros, ex-presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco – Sinpol e atual membro da direção.

Áureo é um reconhecido defensor da categoria, se enfrentando publicamente com o governador. Também é de público conhecimento os diversos ataques que este governo protagonizou contra ele numa sistemática perseguição política e sindical.

É urgente que o conjunto do sindicalismo no Estado de Pernambuco, junto com as Centrais Sindicais se coloquem a disposição na luta contra a demissão do companheiro.

Lutar não é crime! Todo nosso apoio a Áureo Cisneiros e ao Simpol!