O frustrado sonho golpista isolou e debilitou Bolsonaro


Nos últimos dias assistimos a mais um pico da crise crônica do governo Bolsonaro. A pandemia entrou num completo descontrole, com recordes dia após dia de mortes pela Covid-19, colocando o Brasil no topo mundial. A economia está numa via sem saída com um orçamento “inexequível” para 2021, aprofundando os atritos entre a direita tradicional e Paulo Guedes na briga pelo controle do caixa debilitado de um país que já foi a 8ª economia do mundo. Há poucas semanas, mais de 1.500 empresários e economistas publicaram uma carta aberta contra o governo federal, avançando no distanciamento de um setor que até ontem era aliado do presidente.


Posted On :

Paquistão: imagens da Marcha Nacional Estudantil


Apesar de todas as dificuldades pela crise de Covid-19, com fechamento de instituições de ensino, as marchas estudantis aconteceram este ano em todo o país com protestos dos Comitês de Ação Estudantil (SAC) pela restauração do sindicato estudantil, proibido em 1986 pela ditadura de Zia ul Haq, que tiveram um grande sucesso. Devido ao Covid-19, os procedimentos foram rigorosamente seguidos e máscaras foram distribuídas entre os participantes.


Posted On :

Eleições municipais: Vote PSOL 50 e lute com a Esquerda Radical


Há, pelo menos, dois fatores gerais que podem definir as eleições municipais deste ano como atípica. O Brasil e o mundo foi assolado por um cenário pandêmico não visto há um século, com milhares de pessoas mortas e milhões de contaminados no país. Outro fator importante, como extensão de 2018, é a apresentação pública de candidaturas da extrema-direita nas eleições. Tudo isso, e muito mais, no momento de uma crise sem horizonte de solução.


Posted On :

Argentina: Enfrentando Macri e o FMI: Que unidade, quando e por quê?


O desastre econômico, político e social no qual o macrismo e o FMI nos está levando, reatualiza a necessidade de terminar com este modelo e substituí-lo por outro. O PJ se coloca como alternativa, mas realmente é a saída ou é continuidade do ajuste? O que temos que fazer na esquerda? Deixamos nossa opinião sobre de qual unidade, qual programa e qual projeto faz falta.


Posted On :

Diante do intervencionismo e totalitarismo, Referendo consultivo e um verdadeiro processo constituinte


Em meio a situação, sem ter nossas esperanças baseadas nas eleições burguesas, levantamos a bandeira pelo referendo consultivo, por um lado, como uma alternativa democrática para buscar, com a participação do povo soberano, uma possível solução do conflito atual na Venezuela, que possa evitar a intervenção e a guerra.


Posted On :